– – – Faça parte da Lista VIP do meu curso: http://bit.ly/lista-vip-yout1

Assine as cartas do primo GRATUITAMENTE: http://bit.ly/cartas-do-primo-YT

Acesse o link para comprar o meu livro: https://amzn.to/2RvykG7

Desde a sua criação, já foram mais de 90 anos de história da marca. Nesse processo a marca passou por Getúlio Vargas, por ditadura militar, por diretas já, por várias e várias crises e se manteve viva.

Aliás, não apenas viva: ela cresceu. Do ano de 2000 até 2009, que foi o ano do seu IPO na Bolsa, a Fleury fez 20 aquisições no setor de saúde brasileiro, se tornando assim O GRUPO FLEURY (flry3). Depois do IPO, fez ainda mais 7. Baita planejamento pra ter rendimento.

Hoje, o grupo Fleury tem 8 marcas no seu portfólio: Clínica Felippe Mattoso, Weinmann, A+, Labs A+, Diagonoson A+, Serdil, IRN e Papaiz.

Com tudo isso construído, o grupo Fleury conseguiu um Market share de aproximadamente 50% no segmento PREMIUM de saúde, e passou a ter presença no mercado financeiro (olha a análise fundamentalista ai).

E aqui temos um detalhe que deve ser mencionado: o grupo Fleury, hoje, está presente no segmento premium e intermediário de saúde, mas não está no segmento mais pro “povão”.

Isso acontece por estratégia. Quando você busca atender as classes mais baixas, o seu potencial competitivo depende muito do preço. Ou seja, ganha a marca que oferecer o produto mais barato pro cliente.

No caso do grupo Fleury, a estratégia é ter um diferencial na experiência do cliente. O serviço é mais caro, mas, por outro lado, o cliente tem uma experiência completamente diferente, com uma qualidade muito maior.

Hoje o grupo Fleury tem um serviço animal que auxilia médicos a entenderem os resultados dos exames dos seus pacientes.

Esse diferencial agrega tanto valor que hoje 70% dos médicos em São Paulo recomendam Fleury aos seus pacientes.

E do lado dos clientes, a situação não é diferente: o grupo tem um dado que se chama NPS, que basicamente é um indicador que mostra quanto dos seus clientes recomendam o Fleury para a família e amigos.

O NPS do grupo é de 76,8%, mas tem unidades que esse NPS chega a ser maior de 90%.

Mas aí talvez você pergunte: se o negócio do grupo Fleury é essa excelência de serviço, por que investir bastante em aquisições?

Temos alguns motivos:

1) O primeiro motivo e o mais óbvio é pra expansão de Market share. O setor de saúde no Brasil é MUITO fragmentado. Pra você ter uma ideia, 75% do Market share do setor vem de pequenos laboratórios. Por isso, faz muito sentido que a empresa pense em aquisições pra ir crescendo a sua parcela de mercado.

2) Um motivo até mais recente é que, com a crise econômica, o emprego formal diminuiu e, consequentemente, o uso de planos de saúde por parte da população diminuiu também. Pra vc ter uma ideia, só 24% da população brasileira tem plano de saúde, bem abaixo se comparado com outros países, e se formos olhar especificamente o mercado de SP (onde a marca Fleury atua com mais intensidade), só 10% dos planos de saúde tem acesso a Fleury.

Com essa dinâmica, o grupo Fleury decidiu também fortificar as suas marcas regionais, como a+, e o resultado tem sido bastante satisfatório: desde 2010, o CAGR da receita do grupo como um tudo tem sido de 15,1% a.a.

E já que estamos falando de receita, é importante entender COMO essa receita é composta.

A receita do grupo é separada da seguinte forma:

Unidades de Atendimento: com 180 unidades distribuídas, é a a principal linha de negócio do Fleury.

Representou, no 4T18, 83,67% da receita líquida da empresa. Por esse modelo, a Fleury realiza as análises clínicas e exames de imagem e, na maioria dos casos, as seguradoras (sulamérica, amil, etc.) por meio dos planos de saúde ficam com o trabalho de repassar o pagamento pelo serviço prestado.

É possível você pagar diretamente do bolso, sem o plano de saúde? Sim. Mas hoje, 90% da receita do Fleury vem dos planos de saúde.

Operações em Hospitais: onde são realizados exames e diagnósticos em 23 instituições hospitalares. Essa é a segunda principal linha de negócio, que é feita no modelo B2B, representando 14,94% da receita no 4T18;

Laboratório de Referência: exames de média e alta complexidade para outros laboratórios, hospitais e clínicas. Representa 1,20% da receita no 3T18;

Medicina Preventiva: soluções em saúde preventiva para empresas. Representa apenas 0,19% da receita liquida no 4T18.

Como você pôde perceber, o principal negócio do grupo Fleury está em torno das unidades de atendimento.

Isso explica também o porquê da empresa ter um plano de expansão de 90 unidades abertas até 2021. É o que traz maior retorno, então, tem que expandir.

Inclusive, isso é um bom sinal: tem empresas que fazem plano de expansão, mas tentando diversificar. Nesses casos, nem sempre a diversificação realmente é um bom negócio e o plano de expansão acaba se tornando um diworsefication.

Author

Write A Comment