Link para conhecer mais da 99 para empresas: https://bit.ly/2JHome2

É muito importante entender que temos 2 cenários diferentes que temos que levar em conta: o cenário do empreendedor, ou seja, o cenário em que uma empresa precisa decidir se compra uma frota de carros ou não, ou o cenário que nós, na nossa vida pessoal, escolhemos ou não ter um carro.

E querendo ou não, esses cenários são muito diferentes. Os custos mudam e a própria forma de abordagem muda também. Por isso, esse vídeo aqui eu separei em 2 partes.

A primeira eu falarei sobre qual opção vale mais a pena escolher para as empresas, e a segunda para nós como pessoa, beleza?

Então, vamos logo pra primeira parte do vídeo!
Para empresas

As empresas que precisam de uma frota de carros tem duas opções principais: tem a opção de comprar seus próprios carros e cuidar ela mesma da sua própria frota, OU delegar esse serviço para uma outra empresa fazer.

Simples, certo? Porém, por increça que parível, não é tão simples assim.

Pois veja, apesar de parecer tentador ter os SEUS carros na SUA empresa, isso aqui envolve uma série de custos: você tem o custo de aquisição da frota, tem o custo da depreciação que ocorre com os carros já que carro se desvaloriza com o tempo, você tem os custos administrativos já que você precisa designar uma parte da equipe da sua empresa pra cuidar de IPVA, licenciamento, emplacamento… E sem falar o gasto com seguro, já que criminalidade no Brasil não é nada baixa. Lembrando que isso será pra uma frota que muitas vezes pode ultrapassar a casa dos 50 carros.

Ou seja: para uma empresa, ter que cuidar de uma frota de carros é um assunto muito complexo, principalmente se esse não é o core business dela.

Se a sua empresa justamente tem como ramo principal algo que rodeie uma frota de carros, tudo bem. Não dá pra terceirizar uma atividade que é justamente a atividade principal da sua empresa. Não faz sentido.

Mas caso isso não seja verdade, então já podemos considerar a possibilidade que o custo que você vai ter em manter uma frota pode ser um custo completamente desnecessário.

Até por conta disso que cada vez mais no Brasil a procura por terceirizar esse tipo de serviço cresceu. Para você ter uma ideia, 70% das grandes empresas do Brasil já terceirizaram suas frotas de carros, porque o ganho que você acaba ganhando em economia é muuito considerável.

Porque daí, além de conseguir um preço mais baixo nas corridas, você também ganha em custo oportunidade, porque pode focar mais na atividade principal da sua empresa e pode parar de destinar seus funcionários para ter que cuidar da parte burocrática dos carros.

Para pessoas

Eu tentei ser o mais democrático possível, por isso, peguei preço, IPVA e seguro tudo relativos a um Chevrolet Onix. Sei que vai ter provavelmente alguém ai que não gosta muito do onix, mas fazer o que? é o carro mais popular do Brasil, e acho que é justo usar ele como comparativo, ok?

Peguei um preço na faixa de R$40 mil para seguir a tabela FIPE, e peguei seguro e IPVA no valor de R$2 mil e R$1.2 mil, respectivamente.

Considerei também 900 km rodados por mês, e alguns gastos especiais: 500 reais por mês com estacionamento, 200 reais por mês com manutenção do carro, 3600 por ano com depreciação, 100 reais por ano em multas, 343 reais em combustível por mês e i85 reais com licenciamento.

Com isso, temos que um carro nesses moldes, por ano, geraria um custo anual de R$ 24.242,76.

Agora, considerando um gasto com aplicativos, pegando os preços de São Paulo e fazendo a simulação pra 1 corrida ida e volta por dia, temos que o custo aproximado disso daria R$23.312,73. Ou seja, O aplicativo seria mais barato do que o carro no ano, com uma diferença de R$930,03 reais. Considerando que a depreciação vai rolando conforme o tempo, essa diferença tende a ir piorando conforme o tempo passa.

Mas veja que interessante: se mantermos todos os valores iguais, mas reduzirmos o valor do seguro do carro para 1 mil, ou seja, cortando pela metade, e eu fazer a mesma simulação, a coisa muda de figura: o custo anual do carro vai para R$23.161,91, e o carro fica mais barato no curto prazo.

E talvez você esteja se perguntando “e o táxi?” Não dá pra investir na ideia? Nem se ajudar a juntar dinheiro no tesouro selic e a descobrir como ganhar dinheiro na internet?

Não tem jeito, primo. Fazendo as mesmas simulações, o preço do táxi chega a ser 10 mil reais mais caro que a opção dos aplicativos. Agora, existe o caso em que vale a pena ter táxi, que é quando você tem MUITA pressa. Como os táxis podem usar as faixas exclusivas de ônibus, você ganha um tempo interessante, que ai pode justificar o preço – ou não – mais alto que você paga.

Redes Sociais:
BLOG – http://oprimorico.com.br
YOUTUBE (inscrever-se) – http://bit.ly/1S6WMoM
FACEBOOK (curtir página) – https://www.facebook.com/oprimorico
TWITTER: https://twitter.com/thiagonigro
INSTAGRAM: https://www.instagram.com/thiago.nigro/
PODCAST: https://soundcloud.com/thiagonigro

Author

Write A Comment