Tag

tesouro nacional

Browsing

FAÇA AGORA SUA PRÉ-MATRÍCULA PARA FINALMENTE ATINGIR A LIBERDADE FINANCEIRA: https://r.oprimorico.com.br/0087f3bddd

Aproveite o desconto de R$ 1.000 para se inscrever na nova Mentoria Do Mil Ao Milhão Com Dividendos → https://r.oprimorico.com.br/domilaomilhaocomdividendos Construa o seu segundo salário com DIVIDENDOS: https://r.oprimorico.com.br/722e6ffcdd
Participe da gamificação da Tuto e acumule pontos para trocar por prêmios exclusivos: https://primo.tutodigital.com.br/signup/d659df40-0eb8-4cbb-ab99-52ef9e1a330f

RendA+ | NOVO TÍTULO DO TESOURO DIRETO PARA VIVER DE RENDA PASSIVA

Sabe tudo que você viu na Internet sobre Tesouro Direto?

Então primo, tenho uma novidade pra você: a partir de agora, é tudo mentira.

Antes, você tinha 3 tipos de investimentos no Tesouro Direto:

1. Prefixado
2. Pós fixado
3. Híbrido

Agora, vamos ter um novo tipo de investimento no Tesouro Direto:

O RendA+!

Mas antes de entrarmos a fundo nesse novo investimento da Renda fixa, precisamos entender o que é TESOURO DIRETO:

O Tesouro Direto é uma plataforma onde você tem acesso à títulos públicos (são investimento que fazem parte da Renda Fixa)

Nesse tipo de investimento, você empresta o seu dinheiro pro governo e em troca recebe juros

No Tesouro Direto, o que varia são duas coisas:

1. O PRAZO PRA RECEBER A GRANA DE VOLTA
2. O TIPO DO TÍTULO

– Pós-fixados: a taxa pode mudar ao longo do tempo
– Prefixados: rentabilidade definida na hora do investimento
– Híbrido: usa uma taxa fixa + variação de um indicador

Se você entrar no site do Tesouro Direto, vai perceber que tem basicamente 3 tipos de títulos:

1. Tesouro prefixado: tem uma taxa fixa e sabe quanto vai receber no final do prazo
2. Tesouro IPCA+: tem uma taxa fixa junto com um indexador, nesse caso, é o IPCA+ (indicador que mede a inflação brasileira)
3. Tesouro Selic: segue a taxa Selic, aquela que o COPOM muda a cada 45 dias. Nesse título você não sabe quanto vai receber no final do prazo

Mas o que é esse novo RendA+?

Sabe esses 3 tipos de títulos que eu falei? Pois é, a partir de 30 de janeiro de 2023 teremos um novo título, o Tesouro RendA+

O foco desse título é para aqueles investidores que estão pensando na aposentadoria daqui alguns anos.

Basicamente, ele vai funcionar assim:

– Primeiro você escolhe uma data de “aposentadoria”
– Inicialmente são 8 datas disponíveis para começar a receber sua renda extra (2030, 2035, 2040, 2045, 2050, 2055, 2060 e 2065)
– Até a data escolhida, você pode acumular mais do seu título
– A partir da data escolhida, você garante um salário complementar por 20 anos até o título vencer

Se você quer entender mais sobre o RendA+ e como você pode gerar uma renda passiva na renda fixa e criar um complemento de renda para a sua aposentadoria, assiste o vídeo que vai agregar muito na sua jornada de investidor 😉

#THIAGONIGRO #PRIMORICO #OPRIMORICO

Inscrições abertas para a Mentoria do Mil ao Milhão 4.0: https://r.oprimorico.com.br/facasuamatricula

– – Assine a newsletter de Renda Fixa do Gui Cadonhotto e RECEBA A PLANILHA!: https://bit.ly/3vyD6WJ
Consulte os preços, vencimentos e taxas dos títulos dos Tesouros: https://bit.ly/3vqw0mS
Consulte o IPCA Acumulado: https://bit.ly/3729LdK
Consulte o IPCA Projetado: https://bit.ly/3OIjIho

INVESTI R$66,46 NO TESOURO IPCA! Aprenda a investir NA PRÁTICA!

00:00 Como garantir um retorno real (acima da inflação)?
00:39 Todos os títulos do Tesouro Direto (Selic, IPCA+ e Prefixado)
01:58 Analisando o Tesouro IPCA+ 2045 (valor mínimo de aplicação, rentabilidade e vencimento do título)
02:32 Comprando um título do Tesouro IPCA na prática | Investindo na prática
03:04 A lógica por trás do Tesouro IPCA (o valor de um título indexado à inflação)
03:17 Calculando o preço unitário do título através do vencimento, taxa contratada, IPCA acumulado, IPCA projetado, data de liquidação, dias úteis até o vencimento, VNA, cotação
07:18 INFLAÇÃO BAIXA?! O que acontece com o título do Tesouro IPCA+ se a inflação CAIR?
08:26 INFLAÇÃO ALTA?! O que acontece com o título do Tesouro IPCA+ se a inflação SUBIR?
09:00 Vale a pena comprar um título do Tesouro IPCA+? | Recomendação do especialista em Renda Fixa da Spiti (Gui Cadonhotto)
10:18 Planilha pra calcular o valor de um título do Tesouro IPCA | Newsletter de Renda Fixa do Gui Cadonhotto

Primos, pra ficar mais fácil de vocês entenderem eu vou dividir esse vídeo em algumas partes, meio que fazendo um passo a passo pra você pegar tudo sobre como investir na prática e comprar um título do Tesouro IPCA.
– Vou comprar na prática um título do tesouro IPCA pra vocês aprenderem de vez como que faz.
– Vamos analisar alguns títulos no site do tesouro, ver o quanto que eles tão pagando e ver também o que a realmente precisamos olhar quando vamos comprar um título desses.
– Vou explicar o que é um IPCA+ e como funciona a marcação a mercado, inclusive fazendo umas continhas na prática pra vocês.
– E, por fim, vamos ver se está ou não em um bom momento pra investir na renda fixa.

– Como funciona o Tesouro Direto
– Títulos do Tesouro Direto (Tesouro IPCA, Tesouro Selic, Tesouro Prefixado)
– Investir no Tesouro IPCA pela plataforma da corretora
– Pensar em fundo de emergência para o investimento
– Primo Rico investindo na prática R$ 66,46

#OPRIMORICO #THIAGONIGRO

Inscrições abertas para a Mentoria do Mil ao Milhão 4.0: https://r.oprimorico.com.br/facasuamatricula

– – – – – ANÚNCIO OFICIAL GRUPO PRIMO | 2021 NÃO SERÁ MAIS COMO 2021
WORLD REVEAL – LIVE em 26 de Abril de 2021 http://bit.ly/ytbp-flass

SITE DO TESOURO DIRETO: https://www.tesourodireto.com.br/simulador/

A expectativa do mercado é que a taxa fosse aumentada para 2,5% e NÃO FOI o que aconteceu. A SELIC SUBIU PARA 2,75%!!!

Essa é a primeira alta no Brasil após cerca de seis anos, desde que o Copom subiu a taxa básica para 14,25% ao ano em 29 de julho de 2015.

Com isso, algumas coisas mudam:

– O valuation das empresas tende a diminuir. Empresas com dívidas terão juros ainda maiores (pois aumenta a taxa de desconto do fluxo de caixa das companhias).

– A renda variável fica menos interessante e a renda fixa mais atraente. Mas, tudo isso é pouco em relação ao mesmo período do ano passado (quando a taxa Selic estava em 3,25%).

– Os juros reais estão negativos. Na renda fixa, você não vai conseguir nada se quiser bater a inflação.

Por outro lado, tem uma coisa que não muda (e que ainda tem MILHÕES de brasileiros que cometem esse erro):

O Tesouro Selic continua sendo uma opção de investimento melhor que a poupança. (se é que podemos chamar a poupança de “investimento”)

Só não esqueçam, o real impacto não é a mudança de hoje (o mercado opera o futuro). O real impacto é a taxa ter sido um pouquinho além da expectativa.

Isso o investidor inteligente sabe… Quem vive olhando pro mercado com uma bola de cristal, está fadado a comer caco de vidro.

Falando em investidores inteligentes. Ray Dalio, deu uma opinião forte sobre o cenário de final de ciclo de crédito global que estamos chegando.

Ele disse que só tem uma coisa a fazer: livrar-se da sua renda fixa, livrar-se de dinheiro em caixa, e comprar alguma coisa. QUALQUER COISA.

Num post no LinkedIn intitulado “Por que diabos você teria títulos de dívida em dólar?”, Dalio disse que o “dinheiro é e continuará sendo lixo.

Em vez de receber menos que a inflação, por que não comprar ‘coisas’ em vez disso — qualquer coisa — que igualem ou superem a inflação?” escreveu.

Dalio calculou quantos anos levaria — com os juros atuais — para um investidor que comprou US$ 100 em bonds ter seu dinheiro de volta e começar a receber um retorno do investimento.

O resultado: 42 anos nos EUA; 450 na Europa; 150 no Japão; e 25 na China — e isso, sem considerar a inflação.

Pra tornar esses investimentos atrativos, ia acontecer uma dessas duas coisas:
1 – Ou as taxas de juros vão subir e derrubar o preço dos bonds
2 -Ou os bancos centrais terão que imprimir uma quantidade significativa de dinheiro para comprar essa dívida que o mercado não quer, criando inflação.

Muita coisa mudou, e pegou o mercado de surpresa… Vocês esperavam por essa?

Inscrições abertas para a Mentoria do Mil ao Milhão 4.0: https://r.oprimorico.com.br/facasuamatricula

– – – – – Entre na lista de espera da mentoria Do Mil ao Milhão: https://bit.ly/3krRlUH

ME SIGA NO INSTAGRAM E PARTICIPE DO EVENTO NA PRÓXIMA TERÇA: http://bit.ly/insta-primo-leg

– Como vocês sabem, o tesouro Selic é teoricamente o investimento mais seguro do país.

– E é seguro por uma característica diferente dos demais títulos do tesouro: no Tesouro IPCA e no Tesouro Prefixado, quando você resgata os títulos antes do vencimento, eles sofrem o que chamamos de marcação a mercado. Já no Tesouro Selic, essa marcação a mercado é bem mais difícil de acontecer, já que o título é inteiramente pós-fixado.

– Porém… isso não quer dizer que é impossível.

– E, esse mês, pela primeira vez em muito tempo, o tesouro Selic está tendo uma rentabilidade negativa – mas, pra quem deseja resgatar antecipadamente.

– Ou seja, está sofrendo com a marcação a mercado.

Nos últimos 30 dias, o tesouro Selic 2025 está apresentando uma rentabilidade negativa de -0,04%.
– E, apesar dos últimos 30 dias os outros dois títulos sendo negociados (2023 e 2021) não estarem negativos, eles estão com um rendimento abaixo do esperado.

– Por quê?

Importante disclaimer: essa queda de rentabilidade só está acontecendo pra quem fizer o resgate antecipado. Se você não resgatar, o rendimento do tesouro Selic está do jeito que sempre foi.

– O mercado está achando que o preço/juros do título público está baixo demais – ou seja, está achando que a taxa de juros atual do Brasil está muito baixa.

– Uma evidência disso é que na semana passada o tesouro nacional fez um leilão de títulos que não teve demanda.

Com essa falta de demanda, começou a surgir um problema: a falta de liquidez no mercado de títulos atrelados à Selic. Isso principalmente porque o caixa de vários fundos e investidores institucionais são feitos justamente na Selic.

E aí, quando o cliente desse fundo pede um resgate que faça com que o fundo precise retirar os recursos investidos, o fundo precisa ir até o mercado de títulos pra achar um comprador pro seu título (porque assim ele converte o título em dinheiro).

O problema é que não tem comprador, e isso faz com que ele tenha que vender com um deságio.
E como está saindo negócio com deságio, a marcação a mercado é pelo preço que esta saindo.

Meu deus, e agora, vendo o tesouro Selic?

NÃO! Esse deságio só está acontecendo no resgate antecipado. Se você resgatar, vai só corroborar pra que o pior cenário aconteça.

Você só deveria resgatar em caso de necessidade – e aí é bom verificar se você fará isso com ágio e deságio (lembrando que é possível visualizar isso na plataforma do tesouro, antes de resgatar).

Tesouro Selic então deixou de ser alternativa pro fundo de emergência?

Não necessariamente. Ele, querendo ou não, continua sendo o investimento mais seguro do país. De qualquer forma, esse é + um sinal que corrobora numa live que eu fiz em meados de março, quando o mercado foi fortemente impactado pelo COVID: por conta desses problemas quando o mercado está em stress, diversificar até o fundo de emergência permite que você tenha maior tranquilidade.

Inscrições abertas para a Mentoria do Mil ao Milhão 4.0: https://r.oprimorico.com.br/facasuamatricula

– – – – – – Hoje, o COPOM se reuniu mais uma vez, e reduziu de novo a taxa Selic, a nossa taxa de juros principal na economia.

– Nós já tivemos muitas quedas até então, e eu já gravei 9 vídeos sobre o exato mesmo assunto: o que essa queda na taxa de juros influencia os seus investimentos em renda fixa, no tesouro direto e no mercado de renda fixa.

Acontece que, em todas as vezes, aconteceu a mesma coisa: a taxa caiu, a poupança e o tesouro Selic caíram, o tesouro Selic continuou melhor que a poupança, e já era claro que investir em investimentos com um pouco mais de risco era necessário pra se manter uma boa rentabilidade no longo prazo.

Só que, a redução de hoje, tem uma pegadinha.

Tem uma pegadinha porque, dependemos do valor que temos no tesouro selic, ele fica inclusive abaixo da poupança! E, pior: os investimentos de renda fixa, agora, podem muito bem ficar abaixo da inflação.

Por conta disso, temos uma mudança crucial: antes, as expectativas apontavam pra redução. Agora, com a taxa selic muito baixa, foi invertido: a expectativa é que ela cresça. Por conta disso, vários investimentos (principalmente aqueles que são marcados a mercado) podem sofrer complicações, e a ideia de que “taxa de juros caindo = titulos sendo valorizados” pode não se manter a mesma.

– Conclusão: o que já era verdade, agora é fato incontestável: poupança não é investimento, e as opções de rentabilidade no Tesouro se reduziram muito.

Inscrições abertas para a Mentoria do Mil ao Milhão 4.0: https://r.oprimorico.com.br/facasuamatricula

– – – – – SE INSCREVA NA MENTORIA DO MIL AO MILHÃO: https://bit.ly/3jtQ8wp

– Hoje, o COPOM se reuniu mais uma vez, e reduziu de novo a taxa Selic.

– Nós já tivemos muitas quedas até então, e eu já gravei 8 vídeos sobre o exato mesmo assunto: o que essa queda na taxa de juros influencia os seus investimentos em renda fixa, no tesouro direto e no mercado de renda fixa.

Acontece que, em todas as vezes, aconteceu a mesma coisa: a taxa caiu, a poupança e o tesouro Selic caíram, o tesouro Selic continuou melhor que a poupança, e já era claro que investir em investimentos com um pouco mais de risco era necessário pra se manter uma boa rentabilidade no longo prazo.

Só que, a redução de hoje, tem uma pegadinha.

Se olharmos pro DI futuro, vemos que o mercado não está vendo uma queda, mas sim um AUMENTO da taxa de juros no futuro.

Por conta disso, temos uma mudança crucial: antes, as expectativas apontavam pra redução. Agora, com a taxa selic muito baixa, foi invertido: a expectativa é que ela cresça. Por conta disso, vários investimentos (principalmente aqueles que são marcados a mercado) podem sofrer complicações, e a ideia de que “taxa de juros caindo = titulos sendo valorizados” pode não se manter a mesma.

Porém, com a queda também da inflação, por conta da retração da economia, o cenário, apesar de ruim, parece positivo pros investimentos em renda fixa: a previsão é que agora, não haja mais rentabilidade negativa, apesar do rendimento reduzido.

– Conclusão: o que já era verdade, agora é fato incontestável: poupança não é investimento, e as opções de rentabilidade no Tesouro se reduziram muito.

Inscrições abertas para a Mentoria do Mil ao Milhão 4.0: https://r.oprimorico.com.br/facasuamatricula

– – – –

URGENTE! A TAXA SELIC CAIU PARA 3%! | QUAL O IMPACTO NOS SEUS INVESTIMENTOS?

– Hoje, o COPOM se reuniu mais uma vez, e reduziu de novo a taxa Selic.

– Nós já tivemos muitas quedas até então, e em todas elas aconteceu a mesma coisa: a taxa caiu, a poupança e o tesouro Selic caíram, o tesouro Selic continuou melhor que a poupança, e já era claro que investir em investimentos com um pouco mais de risco era necessário pra se manter uma boa rentabilidade no longo prazo.

Só que, a redução de hoje, mudou o cenário que vimos antes.

Antes, vimos que muitos investimentos de renda fixa estavam previstos pra ter rentabilidade NEGATIVA.

Isso significa, sem poupar palavras, que quem tem dinheiro na poupança e quem tem dinheiro no Tesouro Selic e RESGATAR esse dinheiro em 2020, vai perder pra inflação.

Porém, com a queda também da inflação, por conta da retração da economia, o cenário, apesar de ruim, parece positivo pros investimentos em renda fixa: a previsão é que agora, não haja mais rentabilidade negativa, apesar do rendimento reduzido.

– Conclusão: o que já era verdade, agora é fato incontestável: poupança não é investimento, e as opções de rentabilidade no Tesouro se reduziram muito.

E O QUE ISSO MUDA NA REALIDADE DAS EMPRESAS?

– A teoria diz que, com uma taxa Selic mais baixa, as pessoas e as empresas tem acesso a crédito mais barato. O problema é que o ICC nesse período não caiu na mesma proporção, o que mostra que a taxa selic dá uma tendência, mas ela nem sempre é verificada na prática.

De qualquer forma, apesar de toda a queda na demanda, uma diminuição nos índices que atualizam as dívidas das empresas é benéfico pras empresas na bolsa e também pra economia e pra bolsa de valores como um todo.

Inscrições abertas para a Mentoria do Mil ao Milhão 4.0: https://r.oprimorico.com.br/facasuamatricula

– – – – – Como eu avisei no vídeo de ontem, a taxa Selic caiu pra 4,25%, e com isso, não só a poupança mas até mesmo o tesouro Selic corre o risco de render menos que a inflação em 2020.

Logo, o nosso sinal de alerta ligou: como então, com esse cenário, nós podemos alocar a reserva de emergência?

Melhor deixar no colchão?

Obviamente não, porque aí o seu rendimento é 0, e aí não é só 0,08% de prejuízo que vc toma no CDB 100% CDI (exemplo), e sim os -3,40% cheio.

Tesouro IPCA e Tesouro Prefixado?

Não, porque esses dois tipos de investimento sofrem efeitos do mercado secundário e não pode ser pra reserva de emergencia. Dependendo do preço lá, o investidor pode até mesmo tomar prejuízo (e lembrando que isso é MUITO possível, já que agora existe muito mais risco de upside na taxa – o que diminui o valor dos títulos – do que downside).

CDBs e fundos de renda fixa com menos liquidez?

Não faz sentido escolher CDBs com rendimentos maiores sem que eles tenham liquidez rápida, porque não satisfaz a condição de fundo de emergência. Do que adianta separar um dinheiro pra reserva de emergência nesse tipo de investimento sendo que, se você tiver uma emergência, você não vai poder resgatar quando precisar?

Fundo de renda fixa com menos liquidez (D+1, D+2…) é até possível, mas vale lembrar que os fundos de credito privado geralmente possuem um pouco mais de risco no portfólio por ter debêntures e demais títulos de crédito privado. Ou seja: você está adquirindo mais risco.

Fundo de emergência em fundo imobiliarios?
Sei que ficou bastante popular a ideia, mas não faz nenhum sentido. Você aqui tá optando por um risco muito elevado na sua reserva de emergência só por causa dos rendimentos mensais. Mesmo que eles sejam “menos voláteis”, a proposta pra fundo de emergência não é essa, até porque além do risco da oscilação, você corre o risco de ter que esperar o rendimento cair na conta ou ainda se vai ter gente o suficiente pra comprar as suas cotas (fora que, quando você investe dinheiro de necessidade na bolsa, geralmente você vira torcedor).