Tag

melhores investimentos 2022

Browsing

FAÇA AGORA SUA PRÉ-MATRÍCULA PARA FINALMENTE ATINGIR A LIBERDADE FINANCEIRA: https://r.oprimorico.com.br/0087f3bddd

Aproveite o desconto de R$ 1.000 para se inscrever na nova Mentoria Do Mil Ao Milhão Com Dividendos → https://r.oprimorico.com.br/domilaomilhaocomdividendos Saiba como economizar imposto de renda até o final desse mês: https://r.oprimorico.com.br/eeddc4c4c5
Garanta a sua pré-matrícula pra mentoria do Mil ao Milhão: https://r.oprimorico.com.br/5cfefacbe7

URGENTE! TAXA SELIC MANTEM EM 13,75% | TAXA SELIC VAI CAIR EM 2023?

É isso aí primos e primas, chegamos na última reunião do COPOM do ano de 2022.

Muita gente achava que depois que a Selic batesse 13,75% ela ia começar a despencar.

E adivinha? Não aconteceu!

Já é a 4ª reunião consecutiva que a Selic MANTEU em 13,75%

Por curiosidade, um dia antes da notícia da Selic sair, eu dei uma olhada nos contratos de opções da Taxa Selic.

98% dos investidores apostavam na manutenção da taxa Selic.

Inclusive, se vocês olharem o ranking mundial de juros reais vão ver que o Brasil é o país do mundo com o maior juros real!

Será que o Brasil está a caminho de se tornar o “país dos rentistas” de novo? Me deixa aí nos comentários 😉

Agora, como vocês já devem saber, eu invisto meu dinheiro seguindo a filosofia da ARCA, onde divido meu dinheiro em 4 partes:

1. Ações e Negócios
2. Real Estate (FIIs)
3. Caixa
4. Ativos Internacionais

O ponto é:

Sempre que acontece alguma coisa com a taxa de juros, seja subir, cair ou manter, cada uma das classes de ativos que eu tenho na minha carteira é impactada de alguma forma.

Se você quer entender como a taxa de juros pode impactar o seu bolso, fica até o final do vídeo pra entender tudo isso melhor 🙂

#THIAGONIGRO #PRIMORICO

Lancei um fundo de investimentos, conheça o fundo ARCA: https://r.oprimorico.com.br/6f5c1c6383

URGENTE! TAXA SELIC MANTEM EM 13,75% | É O FIM DO CICLO DE ALTA DOS JUROS?
Se você achava que a Selic ia começar a cair, tenho péssimas notícias pra você…

O Copom acabou de manter a Selic em 13,75%!

E nesse vídeo eu quero te mostrar se a gente deve ver uma desaceleração da Taxa Selic nas próximas reuniões ou se os juros vão subir ainda mais.

Pra entender se estamos próximos do fim do ciclo de alta dos juros, vamos olhar pra essas 5 coisas:

1. Inflação brasileira
2. Desvalorização Cambial
3. Fluxo de capital estrangeiro
4. Inflação americana
5. Paridade de juros americana

INFLAÇÃO BRASILEIRA

O que é:

Inflação nada mais é do que o aumento contínuo e generalizado do nível de preços e de bens e serviços.

Como que ela ajuda a conter a inflação:

Quando juros sobem o investidor tem menos incentivo pra investir na bolsa – em negócios, de forma geral.

O capital migra pros títulos de renda fixa e, no geral, o investidor toma menos risco com seu dinheiro. Isso reflete em menos investimentos nos negócios, menos contratações, menos consumo e os preços tendem a cair.

Como que foi nos últimos meses:

O ano de 2021 veio com uma inflação bem acima do esperado, em 10,06% a.a.

Porém, com a alta da Selic a inflação começou a diminuir. Por exemplo, a inflação em julho e agosto foram negativas.

– Julho: – 0,68%
– Agosto: – 0,36%

Você deve estar pensando: “Mas Thiago, no mercado eu não tô vendo os preços caírem”.

É porque a inflação medida pelo IPCA não conta só os preços dos produtos do mercado, mas sim uma cesta de bens e serviços.

Por exemplo:

– IPCA de agosto sobre alimentação e bebidas subiu 0,24%
– Habitação ficou bem próximo do zero a zero
– Artigos de residência subiu 0,42%
– Vestuário subiu 1,69%

Em compensação, a média de preços de transportes caiu só em agosto 3,37%.

Por que a inflação nos transportes está diminuindo:

Existem 2 responsáveis aqui:

– ICMS: Redução do ICMS sobre os combustíveis
– Preço internacional do petróleo: em junho tava 120 dólares o barril e hoje já estamos abaixo dos 90 dólares (queda de 25% em pouco menos de 3 meses)

Projeção do IPCA para o futuro:

Segundo o boletim Focus, a projeção da inflação medida pelo IPCA há 4 semanas atrás já era de 6,82% – o que está bem próximo da média histórica da inflação no Brasil, algo em torno de 6,3% ao ano.

1 semana atrás a projeção caiu para 6,40% e agora caiu de novo pra 6%. Já a projeção do IPCA pra 2023 tem uma inflação bem abaixo da média histórica, a 5,01%.

Conclusão:

Inflação está caindo (e o mercado espera que caia ainda mais) e grande chance do Banco Central diminuir os juros nas próximas reuniões

Mas, não basta olhar apenas para a inflação, mas precisamos olhar pra outros indicadores também…

Agora, o que tá acontecendo com a inflação nos Estados Unidos? Como será que isso afeta o seu bolso? Será que a Selic vai realmente cair nas próximas reuniões do Copom? Tá em um bom momento de comprar bolsa?

Bom, fica até o final do vídeo pra entender tudo isso melhor 🙂

#THIAGONIGRO #PRIMORICO

Lancei um fundo de investimentos, conheça o fundo ARCA: https://r.oprimorico.com.br/6f5c1c6383

– – URGENTE! TAXA SELIC SUBIU PARA 13,25% | É O FIM DA BOLSA?!

Selic subiu mais uma vez! E isso gera uma série de consequências que afetam diretamente o seu bolso:

– As taxas bancárias ficam mais elevadas
– O crédito fica mais caro
– O nível de financiamento cai
– Desacelera a economia
– Menos pessoas são contratadas
– Desestimula o consumo
– As pessoas vendem menos, ganham menos dinheiro e a economia trava.

Pensando assim, parece péssimo subir os juros, não?
Depende.
E depende de que?
Depende da inflação.
E por que depende da inflação?

Porque quando a inflação tá muito alta, uma das maneiras que o qoverno tem de controlar essa subida é aumentando a taxa de juros.
Isso acontece porque com a taxa Selic mais alta, fica mais atrativo investir no Brasil e isso aumenta a quantidade de dólares que entram aqui, o que faz o dólar cair.

E por que a inflação tá subindo?
Por conta do aumento da base monetária e do aumento do preço das commodities.

Base monetária: O aumento da base monetária é a expansão da moeda sem lastro, ou seja, o volume de dinheiro criado pelo Banco Central.
Quanto mais dinheiro tem na economia sem lastro, ou seja, sem uma “garantia” por trás, menor o nosso poder de compra e maior vai ser a inflação.
É como se você fizesse uma feijoada e começasse a colocar água, vai ter mais feijoada? Não vai – você só tá ferrando com a sua feijoada.

Preço das commodities: O mundo tá passando por uma série de problemas, e isso faz o preço de várias commodities sbir.

Olha a variação do preço de algumas commodities nos últimos 2 anos e que estão no seu dia a dia:

Trigo: +92.5%
Milho: 135.6%
Petróleo:+250%
Algodão: 122%
Açúcar: 52%
Café:+110%

Mas, será que alguém sai ganhando nessa história? Spoiler: Tem sim.

Um aumento da Selic cria um custo oportunidade de deixar o dinheiro em negócios, até porque se uma empresa gera um retorno de 10% a.a. e a Selic
tá, por exemplo, em 15% a.a., faz mais sentido investir na renda fixa sem risco nenhum.

Por outro lado, com os juros mais altos, as pessoas vendem a bolsa e compram renda fixa, então a pressão vendedora fica maior que a pressão
compradora e isso diminui o preço de vários ativos.

Sem falar que pro cálculo do Valuation das empresas, é usado uma taxa de desconto que é a taxa básica de juros.

Isso tudo faz os preços caírem e aumenta o seu upside.
Então você precisa diversificar.

Pensando assim, será que tá em um bom momento de comprar renda fixa? A Selic vai afetar as ações? Bom, fica até o final do vídeo pra entender tudo melhor 🙂

#THIAGONIGRO #PRIMORICO

Inscrições abertas para a Mentoria do Mil ao Milhão 4.0: https://r.oprimorico.com.br/facasuamatricula

– – – – Participe da série DRACAR (a evolução do Método ARCA): https://bit.ly/dracar_primorico

URGENTE! TAXA SELIC SUBIU PARA 11,75% | GOVERNO VAI CONGELAR OS PREÇOS?

Semanalmente, o Banco Central divulga o Boletim Focus. Ele é um relatório que resume as projeções do mercado para a economia.

Só pra você ter uma ideia, ele é formulado a partir de pesquisas macroeconômicas realizadas por bancos, consultorias, corretoras, universidades.

Então, vamos dar uma olhada nas projeções da Selic para 2022 feitas nos relatórios anteriores:
– No dia 30/08/2019. O mercado projetava uma Selic de 7,00% pra 2022
– Um ano depois, em agosto de 2020. O mercado projetava uma Selic de 4,50%
– Mais um ano depois, em agosto de 2021. A expectativa voltou a subir pra 7,50%
– Só DOIS MESES depois (em outubro de 2021), a expectativa do banco central deu um salto gigante. Subiu pra 10,25%
– E anteontem saiu a mais uma projeção pra Selic de 2022: 12,75% (e algumas outras projeções esperando uma Selic próxima de 14%)

Timeline:
Pra explicar como tudo aconteceu, a gente precisa voltar alguns anos.
O ano era 2020…

Veio a última crise, muitas pessoas tiveram que ficar trancadas em casa e, infelizmente, algumas delas desempregadas. De forma geral, o brasileiro teve sua renda reduzida. Os governos criaram programas sociais com o objetivo de fornecer amparo pra população que perdeu o seu sustento, mas esse tipo de incentivo acaba aumentando os gastos do governo.

O que o governo precisou fazer? A solução foi imprimir mais moeda. E isso não aconteceu apenas no Brasil, mas no mundo todo. Os EUA tiveram mais de 20% dos dólares em circulação emitidos depois da última crise.

O que acontece quando tem mais moeda em circulação e a produtividade do país se mantem a mesma? Exatamente, inflação!

O que o governo precisou fazer pra conter a inflação? Aumentar a taxa de juros.

A taxa de juros alta cria incentivos pras pessoas investirem menos em negócios e mais nos títulos do governo. Afinal de contas, pra que alguém criaria uma empresa, contrataria pessoas, se envolveria com burocracia e tudo mais, só pra ter um retorno de 10% ao ano (sendo que a Selic está pagando mais do que isso?)

A partir daí, a expectativa era que o ciclo de alta de juros chegasse ao fim. Até começar uma outra crise, dessa vez entre a Rússia e Ucrânia.

De umas semanas pra cá as tensões entre Rússia e Ucrânia só aumentaram
E eu vejo muita gente dizendo: “Ah, mas isso tudo tá acontecendo do outro lado do mundo, nem vai atingir a gente”

Mas a verdade é que vai.

Muita gente não sabe, mas existem diversos produtos que a Rússia e a Ucrânia exportam e importam do Brasil.

Quando ocorrem guerras desse tipo, a capacidade de produção de um país de produzir um produto é impactada.

Os 3 principais produtos impactados:

1) Hoje, a Rússia é o país do mundo que mais exporta trigo. Então, pode ter certeza que muitos alimentos vão ficar mais caros.

2) Outro ponto que essa guerra impacta o brasileiro são nos fertilizantes. Sim turma, nos fertilizantes.

O Brasil é conhecido por muita gente como o “celeiro do mundo”, e claro que eles têm um pouco de razão, nosso agronegócio é um dos mais fortes do planeta.

Só que tem um probleminha nisso tudo, o Brasil importa 85% dos fertilizantes que usa, sendo que, em 2021, 23% desses fertilizantes vieram da Rússia.

3) A Rússia é o segundo país do mundo que mais produz petróleo, estando apenas atrás dos Estados Unidos. E sabe o que isso tem a ver com o aumento do preço da gasolina? Tudo!

Então nesse caso, a produção do petróleo da Rússia cai. E como diz a mais famosa lei da economia, quando a oferta diminui mas a demanda continua estável ou aumenta, os preços sobem.

Não é à toa que desde o começo do ano o Brent de Petróleo subiu quase 30%.

E sabe como que tudo isso pode impactar o Brasil? É isso mesmo primos, na inflação.

Se não bastasse essa inflação alta que a gente já teve nos últimos meses, agora pode ser que ela aumenta ainda mais.

E aí, com a inflação alta e gasolina subindo pra caramba, é comum ver pessoas pedindo o congelamento de preços.

Congelamento de preços é a melhor alternativa?

Acredite se quiser, no passado aconteceu algo muito parecido e que pode ajudar a gente a responder essa questão.

Conto a história da queda do Império Romano no vídeo de hoje.

Mas, o Paulo Guedes disse que não vai ter congelamento de preço. Mas será que vai ter pressão dos caminhoneiros pra controle do preço do combustível? Novas greves? Me contem a opinião de vocês nos comentários.

#THIAGONIGRO #PRIMORICO #TAXASELIC

Inscrições abertas para a Mentoria do Mil ao Milhão 4.0: https://r.oprimorico.com.br/facasuamatricula

– – – – –

URGENTE! TAXA SELIC SUBIU PARA 10,75% | GRANDE OPORTUNIDADE NA RENDA FIXA? A BOLSA TÁ BARATA?

Objetivamente, o que muda?
– Títulos pós-fixados
Passam ser mais atrativos sob o ponto de vista de remuneração.
– Prefixados / Títulos indexados à inflação / Renda variável
Nada. O mercado já havia precificado essa alta. O que impacta é a relação entre expectativa e realidade.
Caso a taxa de juros fosse maior do que o esperado, isso impactaria o cálculo do custo do dinheiro no tempo e diminuiria o valuation da empresa (especialmente daquelas de alto crescimento, que projetam grande parte da geração de caixa num futuro distante).

O que realmente importa: os Juros futuros
Mercado espera uma alta de 1% pra reunião de março
Por exemplo, se o banco central sinalizar uma taxa Selic de 1,5% (maior do que o esperado) para essa reunião de março, isso tende a causar uma desvalorização dos ativos prefixados e os indexados à inflação. (O preço deles têm uma relação inversamente proporcional aos juros futuros).
O oposto também é verdade, se o banco central sinalizar uma taxa Selic de 0,5% (menor do que o esperado) para essa reunião de março, isso tende a causar uma valorização dos ativos prefixados e os indexados à inflação.

O que está atrativo na renda fixa?
Ativos indexados à inflação e os prefixados
No últimos 20 anos, o fim dos ciclos de alta de juros foram os momentos com melhores oportunidades pra esses ativos.
Mercado espera que o mercado pare de subir juros até 11,5%
Índice IMAB (índice dos títulos públicos indexado à inflação), se você comprou ele perto do fim dos últimos 4/5 ciclos de alta, você teve 20% de retorno nos próximos 12 meses
Títulos público indexados à inflação (quanto mais longo, maior a possibilidade de ganho. Ex. IPCA 2045).
A última vez que estivemos num fim de ciclo de alta desse e com IPCA acumulado em mais de 10% (foi em 2015). Quem investiu teve, nos próximos 12 meses, 100% de retorno

3 fatores que sinalizam que esse talvez seja o melhor momento para um ativo prefixado:
– Uma possível aproximação do fim do ciclo de alta dos juros
– inflação acumulada acima de 10% (última vez foi em 2015)
– percepção de risco acima da média móvel (Índices de risco acima da média móvel dos últimos 3 anos). Isso reduz a o interesse dos investidores e reduz o preço dos títulos

Conclusão: não olhar para a taxa, mas sim para a expectativa do banco central em relação às próximas reuniões do COPOM. É no fim dos ciclos que está o grande dinheiro do mercado.
Isso vale pra as crises financeiras, os ciclos imobiliários e até mesmo para os ciclos da renda fixa.

DI Futuro:
Hoje o DI Futuro de 2022 está em 9,15%
Isso significa que, entre hoje e 2022, o mercado está projetando que o retorno médio da Selic será de 9,15%. Pode ser acima durante um período e abaixo durante outro. Mas, na média, esse é o entendimento do mercado.
Pra 2023, o valor está em 12,15%. E pra 2024, o valor está em 11,6%
Pra horizontes de tempo maior, o cenário fiscal do brasil (sua condição de honrar as dívidas) passa a ter mais impacto do que propriamente a taxa de juros. Em prazos maiores, qualquer previsão de taxa Selic é incerta.

Como precificar um título prefixado:
– Ele vale 1000 reais no futuro, mas precisamos trazer isso para valor presente
Ex: Se o título rende 10% ao ano e vence em 10 anos
1.000 / (1+taxa)^n = preço hoje
1000 / (10 + 10%)^10 = 385,54

Então, vamos pegar um exemplo prático:
No dia 18/10/2021 a taxa de compra do tesouro prefixado estava em 10,33%
O vencimento do título é em 01/07/2021. O que dá uns 2,7 anos
1.000 / (1+taxa)^n = preço hoje
1.000 / (1+10,33%)^2,7 = R$766,88

No dia 22/10/2021, ou seja, 4 dias depois… a taxa do tesouro prefixado estava em 11,93%
1.000 / (1+taxa)^n = preço hoje
1.000 / (1+11,93%)^2,7 = R$737,64

O que representa uma desvalorização de 4% desse título em apenas 4 dias. Tão volátil quanto muitos ativos na renda variável.

Inscrições abertas para a Mentoria do Mil ao Milhão 4.0: https://r.oprimorico.com.br/facasuamatricula

– – – – – Aprofunde seus conhecimentos na Finclass: https://bit.ly/finclass-ytb-th

URGENTE! TAXA SELIC SUBIU PARA 9,25% | Hora de investir em RENDA FIXA?

Taxa Selic subiu para 9,25%, entenda como isso afeta os seus investimentos!

Esse é o maior patamar desde 2017.

Só que, além de afetar os investimentos de renda fixa e a economia de modo geral, dessa vez a principal diferença está na poupança.

A regra da poupança
– Selic de até 8,5%: rendimento limitado a 70% da Selic + TR para novos depósitos e rendimento de 0,5% ao mês + TR (6,17% ao ano) para depósitos feitos até 2012
– Selic maior que 8,5%: rendimento fixo de 0,5% ao mês + TR (6,17% ao ano) para depósitos novos e antigos

A última vez que a Selic esteve acima de 8,5% foi em jul/2017. Naquela época, a Selic estava em 9,25%

Como calcular a taxa referencial?
Sob responsabilidade do Banco Central do Brasil (BACEN), a TR é baseada nas taxas de juros das Letras do Tesouro Nacional (LTN) desde fevereiro de 2018.

Vale ressaltar que o valor da TR nunca é negativo. Ou seja, se o cálculo der um valor negativo, é considerado o valor nulo (zero). Essa é uma convenção do Banco Central
E desde set/2017 a TR = 0
Logo, a poupança vai render apenas 0,5% ao mês (ou, 6,17% ao ano)

Investindo R$1.000,00 durante 12 meses:
– Na Poupança: R$1.062,00
– No Tesouro Selic 2024 (com Selic em 9,25%): R$1.076,78
– No Tesouro Selic 2027 (com Selic em 9,25%): R$1.078,05

Informações relevantes da poupança:
– Não é a aplicação mais segura do Brasil
O Tesouro Selic é a aplicação mais segura do Brasil. Nela você empresta dinheiro para o governo que, na pior das hipóteses, pode simplesmente emitir mais dinheiro para te pagar
– Falsa liquidez
A poupança só rende na data de aniversário. Mesmo você podendo retirar o seu dinheiro a qualquer momento, ele só vai render em um dia específico. E, caso você precise do dinheiro em outro dia, você vai jogar uma parte da sua rentabilidade no lixo.
– Rentabilidade real negativa
Esse não é um problema exclusivo da poupança. Pelo fato da inflação ter chego num patamar elevado, os Juros Reais no Brasil estão negativos. Porém, isso fica ainda mais evidente na rentabilidade real da poupança.

Expectativa para os próximos anos
Na data que esse vídeo foi gravado
Selic 2022: 11,25%
Selic 2023: 8%

Só que olha expectativa da Selic pra 2021 era de 3% no começo do ano.
E o que aconteceu… o Banco Central errou a projeção em praticamente 3x

Conclusão: qualquer tentativa de prever a inflação, a Selic, o PIB, o Dólar, o Preço de uma ação… tudo isso é inútil.
A maior chance é de você estar errado.

As soluções:
– Diversificação. Ela é um exercício de autoperdão e humildade.
– Pensamento anticíclico. As baixas expectativas diminuem os preços e proporcionam boas oportunidade. E as expectativas altas elevam os preços e criam momentos em que o preço é negociado acima do seu valor. Ir contra a manada vai te garantir sucesso nos investimentos.

#THIAGONIGRO #OPRIMORICO