A declaração de Imposto de Renda PF acontece entre os meses de março e abril, poucas pessoas escapam do temido leão da receita federal.

O IR existe desde 1992 ainda causa dúvidas entre os contribuintes, pois não é todo mundo que sabe como fazer a declaração, principalmente quem vai realizar esse procedimento pela primeira vez. 

Por isso, vamos mostrar aqui como esse procedimento deve ser realizado para que você possa fazer a sua declaração com mais tranquilidade.  Mas antes é importante estar bem informado sobre o IR.

O que é o Imposto de Renda?

Ele uma espécie de tributo que é cobrado anualmente pelo governo federal sobre os ganhos de pessoas físicas e empresas.  O valor varia de acordo com os rendimentos que são declarados, geralmente equilibrados da seguinte forma: cidadãos com renda maior pagam mais impostos, enquanto aqueles com renda menor pagam um valor menor.

O IR na prática é considerado como um valor descontado anualmente sobre os rendimentos das empresas e dos trabalhadores brasileiros. Na lista de tributação entram os ganhos com salários, aluguéis, investimentos e prêmios de loteria. 

Esse tipo de imposto é dividido em duas categorias: Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) e o Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ). Observe a característica de cada uma.

  • Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF)

Esse imposto recai sobre a renda e os proventos de contribuintes que moram no país ou fora e que recebem de fontes brasileiras. 

As alíquotas variam de acordo com a renda, de forma que os contribuintes ficam isentos da declaração quando recebem abaixo do valor estabelecido para apresentação da declaração do IR.

  • Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ)

O imposto de renda PJ é direcionado para as empresas brasileiras. A alíquota nesse caso recai sobre o lucro da empresa, que pode ser real, presumido ou arbitrado, de acordo com a atividade e do porte da empresa.

Desde 1996, a alíquota que incide sobre o IRPJ é de 15% sobre o lucro apurado, além de adicional de 10% sobre a parcela de lucro acima de R$ 20.000,00 por mês. 

Pela primeira vez no Imposto de Renda

As pessoas que vão declarar pela primeira vez o Imposto de Renda precisam contar com ajuda de um profissional para auxiliar no processo para solucionar as dúvidas. 

No entanto, quem já tem experiência pode fazer a declaração através da internet. Basta acessar o site da Receita Federal e baixar o programa IRPF.

Quem precisa fazer a declaração de Imposto de Renda?

São obrigadas a fazer a declarar todas as pessoas que tiveram um rendimento anual acima do valor estabelecido pela Receita Federal. Atualmente este valor é de R$ 28.559,70, o que dá uma média mensal de R$ 2.379,98.

Além disso, outro caso obrigatório são os rendimentos isentos, não tributáveis  ou tributados na fonte em valor acima de R$ 40 mil.

Muitos brasileiros tem o compromisso de declarar o IR para o Leão, porém é comum que algumas pessoas tenham dúvidas se devem ou não fazer a declaração se esse for o seu caso, a dica é conferir às normas da Receita Federal.

Se você estiver dentro da faixa será obrigado a fazer a declaração dentro do prazo. Caso não declare o IR estará sujeito a pagar uma multa de no mínimo R$ 165,74 ou 20% do imposto devido.

O que declarar no Imposto de Renda?

No IR o trabalhador brasileiro precisa declarar tudo que foi ganho e pago no ano anterior. Você precisa informar para a Receita Federal os ganhos que são referentes à venda de bens, aluguéis, fontes alternativas de renda e entre outras.

Além disso, o contribuinte também deve informar na declaração todos os seus bens e direitos que fazem parte do seu patrimônio até 31 de dezembro do ano-calendário.

Nessa categoria você precisa informar os veículos, bens materiais acima de 5 mil reais também devem ser declarados. Além disso, também necessário declarar os ganhos isentos de Impostos como resgate do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), recebimentos de herança e rendimentos de ações judiciais também devem ser declarados.

Como fazer a declaração de Imposto de Renda?

Antes de começar fazer a declaração do IR seguindo o passo a passo você primeiro precisa escolher entre IR Simplificado e IR Completa. A versão simples se caracteriza pelo o desconto de 20% sobre a base de cálculo ele pode ser usado por qualquer contribuinte, porém se limita ao teto de R$ 16.754,34.

No entanto, se a soma de todas as deduções for maior a esse teto, você deve usar a versão completa da declaração. Sabendo disso, siga o passo a passo.

1º- passo

Faça uma revisão dos critérios obrigatórios e calcule para saber se você é obrigado ou não a fazer a declaração do IR. Mas se é o seu caso, comece juntando os documentos e dados necessários como os seus documentos e dos seus dependentes, empregadores e outras fontes pagadoras e entre outros.

2º – passo

Nesta segunda etapa você precisa acessar o site da Receita Federal e baixar o programa IRPF. 

3º – passo

Depois de baixar e instalar o programa no faça o preenchimento do formulário do programa com o seus dados pessoais. 

4º – passo

Caso você tenha dependente também deve fazer a inclusão dos dados da declaração do IR, clicando na aba “Dependente”.

5º – passo

Em seguida informe os seus rendimentos, sejam eles tributáveis ou não. 

6º – passo

Nesta etapa você deve começar a informar quais pagamentos realizados, o que pode gerar algumas deduções, no campo “Imposto de Renda retido na fonte”, pagamentos com Carnê-Leão. 

7º – passo

Quase finalizando a sua declaração de imposto de renda você precisa informar os seus bens, direitos, dívidas e ônus.  Nessa categoria estão os imóveis, veículos, saldos da poupança e também os seus bens acima de R$ 5 mil e dívidas. 

8º passo

Depois de realizar todos os procedimentos basta entregar a declaração. Mas antes clique em “pendências” para verificar se falta preencher alguma informação. 

9º passo

Por fim, clique em “entregar a declaração” e faça a emissão do Darf para realizar o pagamento do imposto.

Conclusão 

Essas dicas são para você aprender como fazer declaração de imposto de renda PF, mas vale destacar se estiver com dificuldades ou não se sente seguro para realizar esse procedimento procure um contador para fazer a sua declaração.

Author