Você sabia que mais de um terço dos sites do mundo foram criados no WordPress? Portanto se você está pensando em criar um blog, já sabe qual plataforma usar.

Uma das principais estratégias do Inbound Marketing é a produção de conteúdo para web.

Dentre as diversas formas de produzir e apresentar esse conteúdo a fim de atrair novos clientes, o blog é uma alternativa bastante assertiva.

Para isso, você pode criar um blog grátis para ganhar dinheiro, usando o WordPress.

Quer saber como criar um blog no WordPress e garantir melhores resultados para sua marca?

Então, continue atentamente a leitura desse post.

WordPress: Por que é o CMS mais popular do mundo para criar um blog?

A tamanha popularidade do WordPress não é apenas pela sua facilidade em criar um blog, como também pela administração de e-commerces, fóruns e demais negócios digitais.

Além disso, é gratuito, que é um fator determinante para quem quer iniciar um negócio, mas que dispõe de pouco investimento.Sendo assim, para que você possa criar um blog hoje mesmo a dar início a produção de conteúdos relevantes para fidelizar seu público, basta seguir os seguintes passos.

Entendendo as diferenças entre WordPress.com e WordPress.org

Se você não possui maior conhecimento digital, o ideal é que opte pelo WordPress.com para criar o blog.

Dessa forma você poderá pular etapas mais complexas como instalação no servidor, configurações, dentre outras providências.

Porém, as possibilidades de customização do layout, bem como o uso de plugins são reduzidas.

Já no WordPress.org, você tem a chance de instalar e personalizar temas e fazer modificações conforme sua vontade.

Nesse caso, é necessário ter um bom conhecimento em PHP e CSS.

Para propiciar seu poder de escolha entre um e outro, vamos dar o passo a passo completo, que é o exigi no WordPress.org.

  1. Escolher um domínio

A escolha do domínio deve ser feita antes mesmo de você iniciar o processo no WordPress para criar o blog.

Esse passo é de extrema importância, já que consiste na escolha do nome do seu blog.

Os sufixos mais populares que acompanham os domínios são:

  • .com
  • .com.br
  • .net
  • .net.br

Existem vários sites que vendem domínios, sendo o mais popular no Brasil o registro.br.

  1. Escolher hospedagem para o blog

Uma grande vantagem de grande parte dos serviços de hospedagem é que também oferecem a possibilidade de compra do domínio.

A fim de evitar que você faça confusão entre as milhares de opções de hospedagem disponíveis, apresentamos os principais tipos para que seja feita a melhor escolha:

  • Compartilhada: Um único servidor pode hospedar centenas de sites, assim cada site tem uma quantidade limitada de memória.

Isso quer dizer que o site terá menor desempenho, em contrapartida, seu custo também será reduzido.

  • Dedicada: Ter um servidor disponível só para seu site é a grande vantagem dessa hospedagem.

Seu investimento é maior, porém, proporcionam maior segurança.

  • VPS: Embora o servidor seja compartilhado por diferentes usuários, cada servidor privado fica isolado do “servidor do lado”, dessa maneira não afeta o desempenho do seu site.
  1. Fazer download do WordPress

Tendo seguido corretamente os passos anteriores, é chegada a hora da instalação do CSM pelo site br.wordpress.org/.

Para baixar a plataforma, é preciso escolher entre os formatos .zip ou .tar.gz.

  1. Descompactar o WordPress em seu servidor

Por ser uma etapa mais complexa, você deve entrar em contato com seu servidor para que te passem os passos para entrar no CPanel.

O CPanel disponibiliza uma interface gráfica em que é possível criar e-mails, gerenciar arquivos e outras tantas funcionalidades.

  1. Criação do banco de dados

Por meio do CPanel é possível criar um banco de dados de forma bastante intuitiva, para que todos os seus arquivos sejam hospedados.

Além disso, é possível criar vários usuários que irão gerenciar esse banco de dados.

  1. Criar e editar o arquivo wp-config.php

 Na pasta que você criou no WordPress, você encontra o arquivo wp-config.php, que é responsável por armazenar as configurações do banco de dados do seu blog.

  1. Final da instalação para criação do blog

Ao finalizar o envio do wp-config.php, você já poderá acessar o painel de controle do WordPress para personalizar seu blog.

Para isso você só precisa acessar o dashboard, digitando seu usuário e senha.

Conclusão

Finalmente, agora que você já sabe como criar um blog no WordPress, não perca mais tempo.

Afinal, como já vimos no post vale a pena criar um blog em 2021, esse continua sendo um excelente meio de divulgação do seu trabalho.

Porém, se você optar por uma opção menos complexa para criar o blog, pode optar pelo WordPress.com.

Author

Write A Comment